Browsing Tag

relacionamentos

Bate papo

O melhor de nós

Procuramos fazer o melhor que podemos diante de determinada situação. Tentamos dar o melhor de nós mesmos para alguém que nem sempre se sentirá satisfeito. Algumas pessoas querem sempre mais. Esperando muito mais de nós, e não se importam ou percebem que já estamos sendo o máximo que poderíamos ser.

Quantas vezes escondemos nossas aflições simplesmente para não entristecer o dia de alguém? Quantas vezes nos reprimimos e vestimos a roupa do ” Esta tudo sob controle” apenas para parecer forte e autossuficiente?

Cada pessoa carrega dentro de si as suas lutas. Quem somos nós para julgar ou exigir que sejamos atendidos na mesma proporção que esperamos? Cada um oferece aquilo que pode dar no momento. Algumas pessoas impõem que nos coloquemos no lugar delas para que possamos compreendê-las. Mas será que estas pessoas estão fazendo o mesmo por nós, com honestidade?

No egoísmo não há empatia. No julgamento não há direito de resposta. Na mesquinhez não há amor, só pobreza. E embora encontremos essas questões ao longo do caminho, precisamos dar continuidade para tudo aquilo que acreditamos – e independente das asperezas humanas, possamos cultivar dentro de nós sempre o melhor.

A vida é movimento e o mundo não para. Deixemos para traz tudo aquilo que nos acorrenta a alma. Se não estamos sendo suficiente para alguém, que sejamos para nós mesmos e para quem está aberto para receber isso de nós. Concentremos nossa energia com pessoas que realmente valham a pena. Que ao menor esforço, retribuem o gesto com profundo amor e ternura.

Uma boa semana para todos!

Bate papo Variados

Bate papo: Sobre relacionamentos

Essa semana eu assisti um vídeo super bacana da fofa Flavia Calina onde ela conta as experiências dela em relação ao casamento. Achei super legal o vídeo, com bastante coisa pra gente refletir e por isso compartilho aqui com vocês.

A Flavia é uma pessoa iluminada. Não a conheço pessoalmente, mas a acompanho no Youtube a muito tempo e sempre amei as makes que ela faz. E estou amando mais ainda os vídeos em que ela conversa com a gente, nos contando um pouco sua vida e as coisas que aprendeu. Tenho certeza que se você não a conhece, vai passar a adora-la a partir deste vídeo! 
Eu poderia acrescentar mil coisas aqui sobre relacionamentos, mas o que a Flávia ressaltou foi tão bacana que eu acho que passou a mensagem muito bem explicadinha. Seria muito bom se casais assistissem esse vídeo juntos. Certamente será de grande valia. Eu concordo em tudo que ela disse, e me identifico demais com a forma que ela pensa sobre a vida.
Fla, se você ver esse post, saiba que aqui existe uma pessoa que muito te admira e torce por você.

Blog e canal da Flávia.
Beijos e boa reflexão.
Joyce Braga
Bate papo Variados

Bate papo: Não tranque a sua porta.

Queria dizer que eu conheci homens fiéis. Já conheci românticos, sonhadores, homens que se doaram muito mais na relação. Vi homem chorar por mulheres que nunca mereceram, vi a mulherada vacilando feio, iludindo, brincando com quem não merecia. Já vacilei também, nunca fiz as coisas por mal, mas já fiz mal, ainda que sem querer. O ser humano é egoísta, independente de sexo. 
Pessoas usando pessoas, relações sem nenhum laço. Eu já vi homens que ignoravam as investidas de meninas lindas, por amor. Eu vi, ninguém me contou. Canso de ouvir que sou uma feminista barata, mas eu passo longe disso. Sou justa. Admiro mulheres e homens, desde que saibam se portar como mulheres e homens. Odeio hipocrisia, covardia, submissão. Odeio quem ouve um idiota falar alguma besteira na padaria, acha legal e sai repetindo isso com toda a certeza de que é uma verdade absoluta. 
Não defendo um sexo, defendo o amor, valores. Me dói demais ver mulheres incríveis aturando um cara grosso e idiota, que não dá a mínima pra ela, só porque ela precisar estar junto a alguém. Queria que, de alguma forma, todas entendessem que felicidade não é ser dois, é ser. Queria que todas se vissem como eu as vejo, que todas entendessem o quão são especiais e agissem de acordo com isso, pensassem que alguém estar com elas não é um favor, é sorte. 
Também me dói ver homens sensacionais desacreditando com facilidade da ideia de ser feliz com alguém, só porque tentou com um alguém muito errado e teve o efeito contrário. Escrevo porque, apesar dos dias difíceis, quase impossíveis, eu acho que ninguém merece viver de portas fechadas, se afundando em si mesmo e em mágoas passadas. 
Mulheres culpando e criticando os homens, os homens culpando e criticando as mulheres, todo mundo se fechando pra não sofrer e o amor ficando sem espaço pra entrar. Porque se fechar é uma opção, mas você se fecha pra dor e pra felicidade também, isso é uma consequência.
Infelizmente não encontrei o dono desse texto para dar os créditos. Retirei do Facebook.
Joyce Braga