Joyce Braga
Browsing Tag:

maquiador profissional

Profissão maquiador

Como iniciar a carreira de maquiador?

Descobriu o seu talento para maquiagem, estudou, treinou e agora precisa dar os primeiros passos na profissão mas não sabe nem por onde começar? Então, respira e leia esse post que fiz exclusivamente para ajudar você!

É bem verdade que no começo, é tudo mais difícil mesmo e isso assusta um pouco. Contudo, se me permite um conselho: não dê ouvidos para a insegurança que vez ou outra vai gritar dentro de você. Em partes, é até bom pois te traz a lembrança de que o aprendizado nunca será o bastante e que mesmo sendo um profissional, serás um eterno aprendiz. Então, arregasse as mangas, coragem e fique atenta(o) à essas dicas:

Fotografe suas maquiagens
No começo, o maquiador iniciante ainda não tem clientes pagantes e não havendo clientes, como ter fotos dos trabalhos realizados? Chame suas amigas, promova um dia de beleza, procure por casamentos comunitários, crie dias de beleza em ongs ou casas de caridade. Todas essas formas servirão para você adquirir experiência profissional e  material necessário para a construção de um portfólio. Fotografe cada maquiagem que você realizar e tente fazer a captura da melhor maneira possível. Procure sempre ambientes claros. Se faltar iluminação artificial, procure sempre fazer a foto com a cliente de frente para a janela. A luz natural é gratuita, e revela cada detalhe da maquiagem. Não vou me estender muito neste assunto pois teremos post exclusivo de como fotografar suas maquiagens. Me aguardem 😀

Crie um portfólio
Já tem um material legal para divulgar? Então chegou a hora de criar o seu portfólio. Ele pode ser impresso ou online, em formato de site, blog ou apenas uma página simples em uma rede social. O importante é que você tenha fotos nítidas, em boa qualidade para que seus possíveis clientes possam conhecer o seu trabalho. O currículo de um maquiador é o seu portfólio. Tudo nesta área é visual, por isso a importância de todo profissional ter um. Não deixe de criar o seu.

Cartões de visita
Artes impressas ainda são um ótimo mecanismo de divulgação. Talvez menos eficiente que as redes sociais, no entanto, ainda é muito utilizada e válida. Procure uma gráfica ou faça você mesmo, caso você tenha conhecimento para isso. Nos cartões devem conter todos os seus contatos e links das redes sociais. A escrita precisa estar “enxuta” e clara. Onde distribuir? Amigos, amigos de amigos, salões de beleza, casas de festas, lojas de alugueis de roupas de festas, eventos, lojas de cosméticos

Esteja presente nas redes sociais
Sim, o mundo esta cada vez mais conectado. As pessoas não desgrudam um segundo do celular (inclusive você). Que tal ocupar o seu tempo, estando presente nas principais redes sociais, divulgando fotos dos seus trabalhos? Instagram, Facebook… quem sabe até blog, YouTube? Não se limite! Cada veículo de comunicação é importante e pode ser uma porta de entrada de clientes até você. Seja chata (o)! Crie uma frequência de postagens. E eu nem preciso dizer que as publicações precisam ser autorais né?

Com estes 3 primeiros passos, possivelmente você conseguirá o seu primeiro cliente pagante muito em breve. Por isso, esteja preparado!

Mantenha sua postura profissional
Esteja sempre bem arrumada (o), de forma profissional. Evite perfumes muito fortes. Uma aparência limpa é crucial. Seja discreta (o), não fale mal de outros profissionais. Seja uma pessoa simpática com seu cliente, trate-o com cuidado e atenção. Procure acima de tudo, manter a postura e o comprometimento com o trabalho a ser realizado. Um cliente satisfeito nem sempre vai recomendar o seu trabalho – mas um cliente INsatisfeito certamente falará mal de você para os amigos. Então seja sempre cordial e profissional.

Higienização, validade e organização dos seus produtos
Um maquiador responsável está sempre atento a limpeza de seus pincéis e produtos. Faça sempre a assepsia de cada item antes de chegar no local de atendimento. E uma vez que esteja no local, procure ser o mais organizado possível. Sei que nem sempre conseguimos, principalmente se não tivermos a estrutura mínima necessária para isso. Outra questão importantíssima a ser levada em conta é a validade dos produtos. Jamais utilize um produto fora da validade em um cliente. Não queira correr o risco de ser processado ou ter seu nome mal falado por aí. Lembre-se do boca a boca. Seja responsável com o seu trabalho!

Especialize-se
A busca por aprimoramento não deve morrer nunca. Continue estudando e buscando por novas técnicas. Especialize-se em um segmento e dedique seu tempo à ele. Sei que na maquiagem, há muitas vertentes e que se você é uma pessoa que gosta de criar, certamente vai perceber um mundo de possibilidades. Isso é maravilhoso! Mas pense que as vezes é melhor ser muito boa em uma única coisa do que ser mais ou menos em outras mil. Não estou falando isso para desestimular você! Se você sente que pode abraçar segmentos diferentes e dar conta igualmente de todos, vá em frente.

Dicas da Joy Profissão maquiador

Profissão Maquiador: Meus updates e um resumo básico

Olá gente! Uma das categorias que mais gera tráfego para esse blog é com certeza a “Profissão Maquiador”. Lembro que comecei a escrevê-la há bastante tempo, bem no comecinho do blog. Foram muitos posts de conteúdo explicativo sobre a carreira e por conta disso recebo muitos emails até hoje.

Fato é que eu tenho um profundo carinho por ela. Principalmente porque foi por intermédio dela que pude conhecer e fazer parte da caminhada profissional de tanta gente, espalhadas por todo esse Brasil. Poder ajudar, inspirar e dar uma direção para quem está começando é uma satisfação que não cabe em mim.

Depois de passar um bom tempo sem atualizar essa categoria (e não foi porque eu larguei de mão.. era só porque me faltava inspiração para conteúdos novos e que eu já não tivesse dito antes) tenho passado as últimas semanas pensando em trazer novos artigos e hoje estou aqui para compartilhar essa novidade com vocês: A categoria Profissão Maquiador vai voltar com conteúdo novo, teórico e prático. Dessa vez quero trazer algo mais ilustrativo, dinâmico e eu espero muito que vocês apreciem e que possa somar na carreira de vocês.

Mas antes de dar continuidade a categoria, vou pedir um favor: Se você está chegando agora aqui no JB e está meio que boiando no assunto ou se você já acompanha o blog mas já se esqueceu dessa categoria, em específico, que tal relembrar? Abaixo estão todos os posts de conteúdo da categoria, espia só:

Para você que está se formando como maquiador ou que já se formou mas está meio perdido nesse caminho, acredito que lendo os artigos acima e acompanhando os novos que virão, possam te dar uma direção e esclarecimentos sobre o mercado da beleza.

Vale ressaltar que tudo que foi postado aqui no JB é baseado na minha experiência profissional. Neste ano, completo 5 anos como maquiadora profissional e tenho profundo amor por minha escolha. Não sou melhor que ninguém e por mais que eu já esteja nessa área há um certo tempo, temos algo que nos aproxima: A busca por aprimoramentos. Eu, assim como vocês, continuo a aprender e buscar o meu melhor.

IMG_9809

Dicas da Joy Maquiagem Profissão maquiador

Profissão Maquiador: Sobre ser profissional

Uma das sessões mais visitadas e que mais me rendem emails aqui do blog é sem dúvida sobre a categoria: Profissão Maquiador e eu confesso que já fazia um tempinho que ela não ganhava novas postagens. Mas além das inspirações que surgem sempre do nada, tenho notado algumas coisas nas redes socais que tem me deixado um tanto desconfortável, à respeito da não-profissionalização de algumas pessoas que andam por aí inventando “moda” e brincando de ser maquiador.Já adianto logo que este post certamente será longo e é mais um daqueles “desabafos” que faço quando a coisa está muito feia. Você meu amigo, colega de trabalho que se encontra no mesmo barco, possivelmente irá se identificar com cada vírgula exposta aqui.

sobre-ser-profissional<

Há quem pense que maquiagem é algo fútil, e que a profissão não merece e não precisa de credibilidade, responsabilidade e conhecimento. Quem acompanha essa categoria aqui no blog e/ou que me conhece pessoalmente sabe do quanto luto e defendo a classe, porque tenho verdadeiro orgulho em ser maquiadora. E por isso, me revolto quando vejo alguém não-qualificado contando vantagens sobre a profissão, antecipando o título “maquiador” / “expert” / “Instrutor” / “sou tudo e mais um pouco” / “não tenho conhecimento suficiente, mas quero parecer que tenho” quando na verdade há muito chão pela frente.

Image and video hosting by TinyPic

Em um mundo onde já existe tanta injustiça, seria até utopia pensar que nessa profissão passaríamos ilesos. Certamente que não. Cada vez mais vejo por aí pessoas que nem terminaram um curso profissional e já se intitulam como tal, e pior, acham que tem bagagem suficiente até para ensinar. Falar de maquiagem pode parecer algo simples, mas só parece. Porque na prática, o buraco é bem mais em baixo.

Com o “boom” de blogs e gurus do youtube, eu pergunto à vocês: Quantas blogueiras ou gurus que vocês conhecem  por aí, que se dizem maquiadoras, mas que na verdade, nunca trabalharam de fato com isso. Nunca maquiaram sequer alguém além de si mesmo?

A maioria na verdade fazem automaquiagem. Muitas não possuem nenhum tipo de  curso de formação ou aperfeiçoamento ou então até estão em andamento, mas nem concluíram. Talvez a grande massa, nunca tenha ouvido falar sobre visagismo, teoria das cores, tons e subtons, entre outras questões extremamente importantes como responsabilidades na postura profissional e na relação maquiador/cliente. E isso, meus amigos, vai muito além do que “pintar” o rosto de alguém.

Quando eu insisto em dizer que para ser maquiador, é necessário uma busca incansável por conhecimento, é porque, tudo no meio da beleza, muda muito rápido. A todo momento, novos produtos e conceitos nascem e se a gente não acompanha esse ritmo, fatalmente somos passados para trás e engolidos pelo mercado que, cresce numa velocidade absurda. Ao passo que, assim como temos pessoas que não sabem bulhufas, existem aquelas que acabaram de se profissionalizar e estão altamente qualificadas para abraçar o mundo.

Gente crua, que mal sabe a diferença entre fundos de pele já saem por aí batendo no peito e gritando aos quatro cantos “Sou profissional!” Ah pera lá né! Senta lá Cláudia. Mais cuidado #peloamor. Essas pessoas se esquecem que, só se sustentam profissionais com nome na praça. Só continua quem realmente é bom e prova que não está brincando em serviço. Quando você se apropria de um conhecimento que não tem como comprovar, é quase como um tiro no próprio pé.

Maquiar meia dúzia de pessoas não é um número muito relevante a contar como experiência. É claro que, ao se formar, todo começo é mais complicado e justamente por isso que se faz tão necessário, o caminhar. Só com o tempo, vêm a experiência.

Meu conselho? Cautela! Só afirme algo, se você tem total domínio sobre o assunto. Se você não tem propriedade para falar ou fazer o que pretende, pesquise, profissionalize-se antes. Ser maquiador é realmente algo fantástico, mais é como eu sempre digo, é bem menos glamour do que mostra na TV. O dia a dia é por trás dos bastidores. Os holofotes quase nunca estão direcionados para quem segura os pincéis. Portanto, nada de estrelismo ok?
Todo mundo tem e merece seu espaço, mas para consegui-lo é preciso empenho, estudo, pé no chão e humildade. Tendo isso, aí sim, quem sabe, seu trabalho seja reconhecido de uma forma mais coerente e brilhante.

Pensem nisso!

Obs: Tenho visto bastante textos daqui desta categoria vagando por blogs e fan pages sem os devidos créditos. Felizmente a internet hoje em dia não é mais tão “terra de ninguém” e há jurisdição para isso. Se vocês gostaram de alguns dos textos daqui do blog, podem compartilhar aonde quiserem, desde que mantenham os créditos, combinado? E assim a gente evita futuras apurrinhações 😀