Browsing Tag

autoconhecimento

Bate papo

5 passos para viver mais leve

1 – Substitua as perguntas

Ao invés de você se perguntar por que esta passando por determinada situação, pergunte-se: O que devo aprender com ela? Tá, eu sei que não é fácil manter a mente serena diante de uma dificuldade, mas entender que toda e qualquer adversidade serve principalmente para tirarmos um ensinamento, torna o processo um pouco menos sofrido. Já dizia Dalai Lama ” O período de maior ganho em conhecimento e experiência é o período mais difícil na vida de alguém”.

2- Não resista aos sentimentos

Aceite a sua dor e viva como parte do seu crescimento espiritual, mas não a sustente mais do que o seu necessário. Entenda que nenhum sofrimento é eterno e que ele só dura o tempo que você permite. Se você está passando por um luto, uma perda – Seja ela qual for – Não resista. Sinta-a. No entanto, dê a si mesmo a oportunidade de dissolvê-la pouco a pouco.

3- Livre-se das culpas

Para que você possa se conectar com as energias do alto, é preciso primeiramente livrar-se de toda culpa que te acorrenta.  Tire o peso das costas e ressignifique os seus erros. Encontre uma maneira de aprender com eles, permitindo-se melhorar. Liberte-se do remorso e pare de se vitimizar diante das experiências de vida. Todos nós fazemos parte de um processo evolutivo. Essa é a razão maior de estarmos aqui.

4- Acredite mais na sua fé

A fé que habita em você é a sua força. A sua morada. Independente de crenças, espiritualidade. Você detém de toda força que necessita. Reconheça o seu poder e seja resiliente. Acredite na sua força interior e lembre-se que você pode vencer qualquer batalha.

5- O universo está dentro de você

Quando você se ver pertencente do todo e que uma força maior habita dentro de si, entenderá que para todas as coisas haverá sempre uma saída e uma lição a ser aprendida. Conscientemente ou inconscientemente fazemos escolhas o tempo todo – desde a hora que dormimos até ao acordar. E embora nem sempre consigamos compreender os porquês da vida, nada – absolutamente nada – acontece sem uma razão de ser. A medida que nos autoconhecemos, percebemos um universo de possibilidades existentes em nós e a cada descoberta, um novo olhar e um infinito particular. Não se restrinja! Permita-se ser e viver suas fases, procurando sempre tirar a melhor versão de si mesma.

Bate papo

Por que viver dói tanto?

No último final de semana fiz uma descoberta tão maravilhosa que eu não poderia deixar de compartilhar com vocês e pode ser que eu esteja um tanto quanto ultrapassada e que você já conheça o trabalho belíssimo da Paula Abreu, que é Coache e treinadora de desenvolvimento pessoal e escritora. Mas, se você caiu de paraquedas aqui neste post e está boiando no assunto, vem cá comigo – vamos conversar um cadinho.

Que eu amo ler, assistir ou qualquer coisa que seja, quando o tema é autoconhecimento, espiritualidade e afins, acho que vocês já perceberam né? Acredito que quanto mais nos inteiramos sobre esses assuntos, melhor preparamos a nossa consciência sobre nós mesmos. Acompanho muitos profissionais da área, palestrantes que acabaram se tornando youtubers e que gentilmente compartilham um pouco mais de luz para nossas vidas, de forma gratuitamente. Aliás, essa é a beleza da internet.

E numa dessas buscas, cheguei ao canal da Paula. E gente, que contribuição linda e leve ela passa nos seus vídeos. Assisti quase todos numa velocidade como se fosse aquela série favorita, que você não consegue parar de assistir sabe? A boa notícia é que ela está toda semana atualizando o canal e a gente dificilmente vai precisar esperar a próxima temporada rs.. Pois bem, de todos que eu assisti, decidi compartilhar aqui um dos que mais me tocou, cujo tema é: Por que viver dói tanto? Nesse vídeo, ela fala com muita clareza sobre o processo de despertar e o reencontro com a essência. Espia só:

Depois disso, eu nem preciso falar mais nada, apenas ser grata.

E você, me diz o que achou! Espero que este post tenha contribuído de alguma maneira no seu dia e que crie em você a coragem para despertar.