Bate papo

O melhor de nós

Procuramos fazer o melhor que podemos diante de determinada situação. Tentamos dar o melhor de nós mesmos para alguém que nem sempre se sentirá satisfeito. Algumas pessoas querem sempre mais. Esperando muito mais de nós, e não se importam ou percebem que já estamos sendo o máximo que poderíamos ser.

Quantas vezes escondemos nossas aflições simplesmente para não entristecer o dia de alguém? Quantas vezes nos reprimimos e vestimos a roupa do ” Esta tudo sob controle” apenas para parecer forte e autossuficiente?

Cada pessoa carrega dentro de si as suas lutas. Quem somos nós para julgar ou exigir que sejamos atendidos na mesma proporção que esperamos? Cada um oferece aquilo que pode dar no momento. Algumas pessoas impõem que nos coloquemos no lugar delas para que possamos compreendê-las. Mas será que estas pessoas estão fazendo o mesmo por nós, com honestidade?

No egoísmo não há empatia. No julgamento não há direito de resposta. Na mesquinhez não há amor, só pobreza. E embora encontremos essas questões ao longo do caminho, precisamos dar continuidade para tudo aquilo que acreditamos – e independente das asperezas humanas, possamos cultivar dentro de nós sempre o melhor.

A vida é movimento e o mundo não para. Deixemos para traz tudo aquilo que nos acorrenta a alma. Se não estamos sendo suficiente para alguém, que sejamos para nós mesmos e para quem está aberto para receber isso de nós. Concentremos nossa energia com pessoas que realmente valham a pena. Que ao menor esforço, retribuem o gesto com profundo amor e ternura.

Uma boa semana para todos!

2 Comments

  • Reply
    Rhayanne
    28 de março de 2017 at 11:12 am

    Uma boa semana pra você também flor.

  • Leave a Reply