Joyce Braga
Bate papo Variados

Bate papo: O verdadeiro ato da caridade

Eu nunca gostei da frase: Faça bem para os outros que o retorno vem em dobro para você. Porque agindo dessa forma me parece que tudo se torna um jogo de interesses e trocas e isso esta muito aquém do verdadeiro sentido em ser solidário.

caridade-bate-papo

Quando quero e ajudo alguém faço isso pela simples e real vontade em ajudar. Sem esperar nada em troca. Eu sei, isso pode soar meio piegas e algumas pessoas até não entenderão. Mas isso sou eu. É claro que isso não me faz uma santa. Eu tenho minhas vaidades, minhas falhas.
O ato da doação pode ser de tantas formas e é simplesmente mágico quem realmente o faz pelo “bem”. O bem sem olhar a quem.
Sem esperarmos, o retorno vem. Isso é certo. Mas não que isso seja uma premissa para que possamos despertar o dom da caridade em nós mesmos. Até porque, quando falo em “dom da caridade” ele não tem ligação alguma com qualquer espécie de troca, a menos que esta seja de afetividade gratuita.
Pensem nisso!
Joyce Braga

You Might Also Like...

2 Comments

  • Reply
    júh oliveira
    17 de dezembro de 2013 at 12:03 pm

    Eu, antes pensava assim; ajudo e espero ajuda, totalmente errada! E totalmente ao contrário não temos que fazer algo pensando em seu retorno, não temos que ajudar as pessoas esperando que um dia elas vão nos ajudar ou até mesmo ficar esperando isso!
    bjos

    • Reply
      Joyce Braga
      17 de dezembro de 2013 at 4:00 pm

      É exatamente assim que eu penso Ju 😀 Essa é a verdadeira caridade! Beijão

Leave a Reply