Joyce Braga
Bate papo Variados

Bate papo: Beleza não é caráter

Pode parecer meio contraditório para um blog de beleza, falar que o que vale mesmo é o que vem de dentro. Minha idéia central logo que criei o Joyce Braga foi de postar assuntos variados, bem como no slogan ” mais que beauté ” . Pelo menos aqui, neste humilde espaço, muito se entende sobre a questão do ” belo ” e ele não se prende a rótulos e regras impostas pela sociedade.

Eu vi esse título ” Beleza não é caráter ” numa matéria da revista Lola, já faz algum tempo. E eu cheguei a recortar na época e até colocar no meu mural, porque isso poderia me render uma boa discussão sobre o assunto. Fiquei pensando horas para organizar as idéias, porque muitas coisas me vêm a cabeça. A começar pela questão: Sendo “bonito” tudo é mais fácil de se conseguir.

Pois bem, em uma certa ocasião, lembro-me que estava eu dentro de uma sala, de roupa formal, cabelos alinhados, maquiagem e perfume suave e de currículo nas mãos. Iguais a mim, tinham mais ou menos 3 na fila, disputando a mesma vaga de emprego. Ao chegar o momento da entrevista. A recrutadora pediu que cada uma falasse de si, de suas aptidões, experiências e formação. Pude perceber claramente que haviam ali pessoas que nada se encaixavam para o cargo. No final, fui dispensada. Eu e mais 2. Ficando assim com a vaga, a pessoa que nada tinha a ver com ela. Fiquei pensando no que eu poderia ter dito errado, ou no que eu não me enquadrava. E porque aquela pessoa que nada tinha ver, ficou. Não é questão de paranóia, mas a primeira coisa que me veio a cabeça: a beleza. Sim, a pessoa que ficou com a vaga era linda! E não que eu me ache o ” cocô do cavalo do bandido”, mas era evidente que a beleza da pessoa que ficou era bem expressiva.

Fui refletindo no caminho para casa. Pensei: “Talvez isso seja uma forma de preconceito”. Você não ser aprovado, por que sua beleza é inferior? #oi? . Quando na verdade, o que era para ser discutido, avaliado e testado seriam suas qualificações profissionais perante ao cargo. Nestte momento acabei sentindo na pele que: ” Ser belo, abre portas “. Embora eu discorde totalmente desta afirmação.

Outra questão, e aí eu vou mais a fundo. Imagine que você está em um ponto de ônibus aguardando sua condução, quando se sentam ao seu lado um mendigo e um engravatado. Você instantâneamente se afasta do mendigo e se aproxima do engravatado, por questões de segurança. Mas será que, por baixo daquele belo terno e gravata, não existe uma pessoa mau caráter, de má índole, um bandido ou coisa do tipo? Você discrimina o mendigo sem lhe dar a chance de qualquer aproximação. Quem é que nunca fez isso?

Outro exemplo: Você paquera (paquera= gíria da minha saudosa adolescência rs) o menino mais lindo da escola. Enquanto isso, tem um menino tímido, que você nem nota porque para você ele não é dos mais bonitos. Daí, você tenta de tudo para conquistar o bonitão e descobre que ele é um verdadeiro mulherengo, que não quer saber de estudar, que faz coisas erradas e que te trata muito mal. Seu mundo acaba, você se desilude total. E aí com coração partido, percebe que o “feinho e nerd” ( olha quantos rótulos você já deu) está ali pronto para você. Pronto para recolher os cacos do seu coração. Você dá uma chance para ele, começa cheia de reservas e quando nota… ele ganhou seu coração. Tudo muda e você começa a achar ele bonito. De repente até mais bonito do que o menino de antes. E isso acontece porque? Porque você começa a reeducar o seu olhar. O olhar para dentro. E lá dentro percebe o quão maravilhoso é aquele ser humano que está com você.

Beleza não é caráter. Trabalho minha mente cotidianamente sobre isso. Fico irritada quando vejo ou sinto qualquer tipo de manifestação contra. Quando estou cercada de pessoas que acham que beleza é a carcaça que você tem. Me incomoda profundamente essa ditadura da moda, que você precisa ser magra, ter cabelos à lá Gisele, e por aí vai. As pessoas se esquecem que o que vale é o que se carrega dentro do peito. Caráter vem de dentro. Isso não se compra com cremes milagrosos anti-rugas, com botox, com dietas surreais, e com o sr. Pitanguy. Ser uma pessoa de valor, vai muito além disso. É saber respeitar e amar o próximo como a ti mesmo. É ter bem menos vaidade e mais humildade. É cultivar a gratidão e fraternidade.

Na época que eu perdi a vaga de emprego ( e olha que foram muitas ) eu fiquei triste e tal. Mas depois que você vai trabalhando sua mente, sua autoestima e sobretudo seu amor próprio você começa a entender que existem coisas bem mais grandiosas à diante. Desenvolva seu olhar. Pergunte-se: O que é belo para mim?

You Might Also Like...

16 Comments

  • Reply
    Michellen
    3 de Maio de 2013 at 4:05 pm

    Adorei o tema!!! A Beleza é um requisito que faz a diferença… gostei muito quando você disse “não que eu me ache o cocô do cavalo do bandido mas…”. Realmente temos, instintivamente, um pré-conceito em relação a aparência, às vezes aquele que esta de gravata é uma pessoa de má índolo e o mendigo, todo sujo, seja uma pessoa de muito mais caráter. Foi um dos post mas bem escritos que já li. Agradeço por refletir sobre este assunto!!!

    Bjos Michellen ♡
    Convido você e suas leitoras a visitarem o blog Comente-se http://comente-se.blogspot.com.br/
    Ficarei feliz com a visitar de todas!!!

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 2:53 am

      Oi Mi! Obrigada por sua visita e pelo recadinho! Fico feliz em saber que gostou do post. Eu que agradeço sua visita!
      Volte sempre viu! Beijos

  • Reply
    Thatiane Pires Maforte
    3 de Maio de 2013 at 4:28 pm

    Amei seu post, Joyce. Realmente tudo que vc disse aí acontece ou já aconteceu com alguém. Bjão 🙂

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 2:54 am

      È mesmo né Thati? Isso é uma coisa que nos acompanha sempre! Beijo

  • Reply
    HELENA
    3 de Maio de 2013 at 4:42 pm

    Lindo seu post, Joyce! Tenho q me gabar de uma coisa, sempre tive os olhos muito democráticos, consigo ver a beleza das pessoas além da aparência, sempre fui primeiro no nerd ahaha, e isso as vezes eh ruim, pois não percebo quando as pessoas estão fazendo pouco de mim ou de algum amigo pela aparência. Acho que a maquiagem me ajudou ainda mais a ver a beleza de todo mundo e aprender a ressaltar o que elas tem de melhor.
    Inspirador seu post, parabéns!
    bjo

    http://www.garotasrosachoque.com.br

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 2:55 am

      Pois é Helena. Ter olhos democráticos nos permite ir sempre mais além dos estereótipos. Obrigada por sua visita e comentário! Beijocas

  • Reply
    Lenise Moreira.
    3 de Maio de 2013 at 6:20 pm

    Joyce, eu amei o texto. Porque é exatamente a minha opinião.
    Assim como a Helena sempre tive um olhar mais democrático, e questão de namoro sempre dei preferência aos feiosinhos de carácter do que os bonitões mulherengos, (mas claro que também existe bonitões de carácter!). E por isso (no meu ultimo namoro) passei milhares de vezes pela situação chata de alguém falar coisas como: “nossa, mas você é bonita demais para ele”, “poderia ter arrumando um mais bonitinho”, “escolheu, escolheu e acabou com um feinho”, etc, etc.. não tem noção de como isso me irritava! como se eu estivesse procurando só beleza, algum boneco Ken!
    Parabéns pelo post!

    http://justlenise.blogspot.com.br/

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 2:56 am

      Oi Le! E dizem as más línguas que o “Ken” é gay rsrsrsrsrs 🙂
      Obrigada por sua visita viu! MIl beijos!

  • Reply
    júh oliveira
    3 de Maio de 2013 at 6:54 pm

    olá joyce lembra de mim te mandei um e-mail:)
    Olha posso afirmar muitas destas coisaqs ditas todas passamos…quando vc fala do mendingo e do de gravata é a mais pura verdade,chega a doer meu coração até porque quando a gente morrer vamos ser iguais não tem belo nem feio vamos morrer e ponto e tudo isso vai ficar!
    bjos joyce
    http://guardeiadica.blogspot.com.br/

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 2:57 am

      Oi meu amor, claro que lembro! Seu email está guardadinho 🙂
      Obrigada por sua visita por aqui!
      Mil beijinhos

  • Reply
    Lulu
    3 de Maio de 2013 at 9:21 pm

    Joyce,
    Parabéns pelo seu post. Infelizmente as pessoas julgam você pela aparência, pelas roupas que veste, pela maquiagem, cabelos e esquecem de enxergar o que você pensa.
    Criamos preconceitos com pessoas que estão fora do padrão de beleza que a sociedade impõe e essas são as rejeitadas.
    Cada um tem alma, coração e sentimentos. Queremos o belo, pois o belo dá sensação de poder, status e se você resolve ficar com o Nerd é julgada de idiota.
    O que importa é ser feliz, mostrar o que temos de melhor que está dentro de nós mesmos. Cabe a nós deixar mostrar aos outros ou não.
    Big Beijos

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 2:58 am

      Oi Lulu!
      Obrigada por compartilhar da sua opinião aqui conosco! O que importa é ser feliz” não tem frase melhor né?
      Volte sempre! E obrigada pela visita!!! Beijocas

  • Reply
    *♥ ಌ ♥*Adriana Galvão*♥ ಌ ♥*
    4 de Maio de 2013 at 6:14 am

    O que é belo pra mim… é ser feliz!!!
    Eu amei seu texto e concordo plenamente com você, infelizmente estamos vivendo em um tempo em que os valores estão trocados e isso me entristece muito. Se cada um de nós refletisse sobre isso o mundo seria bem melhor!!! BjsssS2 linda… que Deus te abençoe cada dia mais com inspirações vindas Dele!!! S2

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 4:52 pm

      Ah meu amor muito obrigada por suas palavras e carinho. Muita luz para você! Mil beijos e volte sempre!

  • Reply
    Panmella Sarmento
    4 de Maio de 2013 at 3:54 pm

    adorei o texto, muito bommmmmm!!!
    Ótimo fim de semana Joyce, Bjão!!!

    http://www.perfumesdapam.com/

    • Reply
      Joyce Braga
      4 de Maio de 2013 at 4:53 pm

      Que bom que gostou Pan! Um ótimo fds pra vc tbm!

Leave a Reply